segunda-feira, junho 12, 2006

Casa do rádio






http://br.geocities.com/lucasfeiticeiro/rifa.html <





Instalação e manutenção de PX e SOM automotivo.Via anhanguera km 119 prox ao trevo de Nova odessa.Vendemos RÁDIOS NOVOS E USADOS .Venha nos visitar e deixe seu RÁDIO MELHOR.


Comments:
Estresou então clica em Antonio
 
Essa foi enviada pelo Paulo de Tarso, de Goiânia (GO). Cadê a sua?

RESOLVENDO PENDENGA
Estressou então clica en Antonio

Um rico advogado paulista, famoso na capital, gostava
de caçar nas férias.
Estava fazendo tiro ao vôo, em patos sevagens, numa
região de lagoas, em Minas. Um dos patos que ele alvejou caiu dentro de uma propriedade protegida com uma cerca de arame farpado. Sem ver vivalma por perto, pulou
a cerca e, quando penetrava na propriedade, apareceu
um velho dirigindo um tratorzinho, em sua direção.

- Moço, isso aqui é particular. Cê pode ir vortando.

- Mas é que eu atirei naquele pato, ele caiu aqui; só
vim pegá-lo.

- Pode vortá. Caiu aqui, é meu.

- Olha, meu senhor, sou um influente advogado. Posso
meter-lhe uns processos e lhe tomar sua propriedade. O senhor não me conhece, não sabe do que sou capaz.

O velho assume um ar entre preocupado e amedrontado e
argumenta:

- Peraí, sô. Purquê que a gente não resorve a questão
usando a Regrinha Minera pra Resolvê Pendenga?

- Como é isso?

- É assim: eu dou três chutes nocê. Depois você dá
três chutes nimim. Quem aguentá mais caladim, quem gritá menos, ganha a pendenga.

O jovem advogado avalia aquele velhote franzino e, por
curiosidade e pelo vício de ganhar disputas, resolve topar.

- Eu que sou mais velho, chuto primero.

O advogado concorda. O velho salta do trator e só aí o
advogado vê as botas dele. Mas raciocina: "mesmo com essas botas, é um coroa franzino; eu aguento e depois acabo com ele no primeiro pontapé".
O primeiro chute do velho é bem no saco do advogado,
que se curva e se ajoelha gemendo. O segundo pega bem no nariz e o jovem se estatela no pasto, tentando segurar os urros. O terceiro pegou nos rins e o advogado, mesmo que quisesse não conseguiria gritar, seqer consegue respirar,
tamanha a dor. Acha até que está morrendo. Mas dentro
de alguns minutos se refaz, põe-se de pé e ameaça:

- Agora pode ir rezando, vovô, que eu sou carateca e
vou desmontá-lo.

- Num carece não. Eu desisto da pendenga. Reconheço
que perdi. Pode pegar seu pato e sair
 
CLICANDO EM RIFA VC SERA DIRECIONADO A OUTRO BLOG
 
Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?